segunda-feira, 23 de julho de 2018

Nepotismo eleitoral.

Diante de frequente cobrança social perante a transparência da moralidade pública eleitoral. O que dizer das abomináveis candidaturas de familiares protegidas de forma camuflada por políticos no exercício do mandato, principalmente nos cargos executivos. Todavia, neste famigerado nepotismo eleitoral, quando um politico lança uma candidatura de um parentesco, seja ele, filho, esposa, sobrinho, cunhado, dentre outros. Torna-se público e notório que ambos serão protegidos no decorrer da campanha de forma obscura nas conveniências eleitorais perante as barganhas e os favores do bônus do poder. 

Nenhum comentário: