quarta-feira, 12 de julho de 2017

Medidas extremas.

Imagem relacionada
Se as coniventes autoridades brasileiras não tomarem “medidas extremas’, sobre essa desenfreada criminalidade e ousadia dos bandidos, diante da nossa desprotegida sociedade. Porém, neste dilema social político, nosso país ficou refém desta destemida bandidagem, aonde os crimes diários tornaram banalidade no cotidiano brasileiro, gerado pela frouxidão das leis, guiada pelo nosso obsoleto código penal. Criminalidade, tolerância zero autoridades de Brasília.       

Nenhum comentário: