quinta-feira, 13 de julho de 2017

Golpe consolidado.

Resultado de imagem para golpe consolidado
Depois do golpe parlamentar contra a presidenta, Dilma (PT) promovida pelo parcial Congresso Nacional, absolvição de Temer no (TSE), volta do senador, Aécio Neves, ao senado, absolvido no Conselho de Ética, soltura do Homem da Mala, escancarada barganhas no Conselho de Ética da câmara federal, para livrar Temer do julgamento  no (STF) por crime de corrupção, soltura do amigo de Temer, Geddel. Agora foi a vez do “imparcial” Juiz, Sergio Moro, condenar o ex-residente, Lula, a 9 anos e 6 meses de prisão. Portanto, Lula não está acima da lei, tampouco a baixa da lei, para ser condenado, sem provas, somente por ilações. No entanto, agora o golpe foi consolidado de vez pela direita brasileira, composta pela Rede Globo, boa parte do parcial judiciário brasileiro, classe dominante, e bloco partidário orquestrado pelos probos Partidos, (PMDB), (PSDB) e (DEM), que perderam 4 eleições consecutivas na força democrática dos votos, e depois chegaram ao Palácio do Planalto, através de um golpe parlamentar.   

Nenhum comentário: