sexta-feira, 14 de julho de 2017

Antes e Depois.

Na dinâmica da política eleitoral, dificilmente um grupo político vencedor de uma eleição, termina seus respectivos mandatos falando à mesma linguagem política, ou seja, junto e misturado. Portanto, antes da eleição, os sonhos de todo grupo são os mesmos administrativamente, falando em união, honrar compromissos, lealdade, fidelidade partidária. Porém depois, já na administração, aonde o gestor faz o que pode e não o que deseja muitos compromissos são deixados de lado politicamente, em nome de novos camuflados interesses individuais, automaticamente abandonando os “amigos” de primeira hora.Exemplo aqui no RN,governador, Robison Faria e a senadora, Fátima Bezerra.          

Nenhum comentário: