quarta-feira, 19 de abril de 2017

Insegurança pública.

Mais um secretário de Segurança Pública e Defesa Social do RN, pede exoneração do cargo, desta vez foi o delegado federal, Caio Cesar, alegando razões de ordem restritamente particular. Ele é o terceiro secretário de Segurança a deixar o insustentável cargo no governo de Robinson Faria. Nosso estado convive hoje com numero de homicídios, equivalentes a uma guerra civil, somente nestes três primeiros meses do ano, foram registrados mais de 600 homicídios. Por força do destino politico, no período de sua campanha ao governo do RN, o então candidato Robinson Faria, se intitulou de “Governador da Segurança”.    

Nenhum comentário: