sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Cotidiano político.

Que faz de sua vida pública, um ferramenta de trabalho para servir socialmente ao seu povo. Convive diariamente com uma triste angustia política pessoal “de fazer o que pode, e não o que deseja socialmente”. Mesmo assim temos que trabalhar enfrentando todos os dias as demandas sociais administrativas, sempre de cabeça erguida, buscando soluções rápidas para tentar minimizar as frequentes demandas sociais dos munícipes, sem se esconder destes intermináveis problemas.       

Nenhum comentário: