sábado, 26 de novembro de 2016

Cumulo do ridículo.


Resultado de imagem para michel temer e geddel
 Veja bem aqui chegou o governo ilegítimo do presidente tampão, Michel Temer. No entanto, o submisso presidente promoveu no mínimo “trafico de influência”, contra seu próprio desgoverno, quando enquadrou o demissionário ministro da Cultura, Marcelo Calero, passar por cima de uma decisão técnica do (IPHAN), para desembargar uma obra de um prédio em Salvador, aonde seu pupilo, Geddel Viera, comprou um luxuoso apartamento. Uma vergonha a temer, tanto que o poderoso ministro Geddel, pediu demissão.    

Nenhum comentário: