sexta-feira, 17 de junho de 2016

Machado cortador.

A delação do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, continua cortando politicamente alguns políticos em todo território nacional. Todavia, desta vez o corte da machado alcançou à cúpula das oligarquias potiguar, os famosos “Alves e Maias”. No entanto, o agora odiado delator Sérgio Machado, disse que tinha feito doações para as campanhas via propina, para o nobre senador, José Agripino (DEM), seu honrado filho, deputado Felipe Maia (DEM), ex-ministro, Henrique Alves (PMDB) e seu primo, senador Garibaldi Alves (PMDB). Até tu, Garibaldi?  

Nenhum comentário: