sábado, 4 de junho de 2016

Educadores discutem como enfrentar medidas do governo Temer

Para discutir estratégias de enfrentamento aos ataques do governo interino de Temer contra a educação, a Frente Brasil Popular reuniu educadores e dirigentes sindicais da educação na tarde desta sexta-feira (3). Conduziram o debate a senadora Fátima Bezerra, o deputado estadual Fernando Mineiro, a diretora do Sinte/RN Ceiça Vicência e o presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Adurn), Wellington Duarte.

Um dos temas tratados no encontro foi a desvinculação de receita da saúde e educação. “Desvincular as receitas, limitar os gastos ao patamar do ano anterior já significará um abalo muito forte. Deve reduzir os gastos em 50%. Significa destruir uma década de lutas que nos levou a conquistar o Plano Nacional de Educação”, disse a senadora, ao erguer a cartilha do PNE.

O deputado estadual Fernando Mineiro completa a informação com dados. De acordo com ele, no modelo proposto por Temer, os R$ 36 bilhões investidos no Fies no último ano seriam reduzidos a R$ 15 bilhões e os R$ 72 bi aplicados em ciência e tecnologia, seriam para R$ 27 bi.

O encontro acabou com o grito “ocupar e resistir”, mostrando o sentimento que deve nortear as deliberações das próximas plenárias dos sindicatos.

Nenhum comentário: