sábado, 28 de maio de 2016

Segurança e educação em Pedro Velho entram nos pleitos do deputado Dison Lisboa
Com o propósito de atender os anseios da população do município de Pedro Velho, localizado na região Litoral Sul do estado, o deputado Dison Lisboa (PSD), apresentou, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), uma série de requerimentos que compreendem melhorias nas áreas de educação e segurança pública. O parlamentar faz indicações para que o Governo do Estado aumente o efetivo policial e reforme a delegacia da cidade. Além disso, foi solicitado a construção do prédio próprio para a Escola Estadual Professora Ocila Bezerril.

Os requerimentos partem das sugestões feitas pelos moradores ao deputado. “A população de Pedro Velho tem sofrido com a insegurança. O temor, principalmente de assaltos, pode ser amenizado com a presença de policiais nas ruas. Atualmente, o efetivo policial da cidade conta com um número reduzido de homens e não atende toda a cidade. Por isso, solicitamos que o Governo do Estado priorize o aumento do efetivo, melhorando as condições de segurança dos moradores. ”, explicou Dison Lisboa.

Também em benefício da segurança pública de Pedro Velho, Dison Liboa sugeriu a execução de uma reforma na Delegacia de Polícia do município. “Essencial ao bom funcionamento da segurança pública, as Delegacias requerem manutenção e ajustes periodicamente. Na cidade, o prédio onde funciona a delegacia está com a estrutura seriamente comprometida”, afirmou.

Na área da educação, o deputado indicou a Secretaria de Estado de Educação e Cultura (SEEC), a construção da Escola Estadual Professora Ocila Bezerril. “Atualmente, a escola não dispõe de prédio próprio para seu funcionamento. Sendo utilizado da Escola Municipal José Targino para comportar suas 10 salas de aula que oferecem nível médio para os estudantes. Dessa forma, o ensino é limitado ao período noturno, já que, o mesmo local abriga estes dois centros de ensino. É importante adaptação do local, adequando novos horários e a estrutura aos alunos atendidos”, finalizou Dison Lisboa.

Nenhum comentário: