terça-feira, 1 de março de 2016

Senadora destaca importância de Caravana
que percorrerá obras do São Francisco


Ao participar da Caravana Socioambiental que percorrerá a margem norte das obras da Transposição do Rio São Francisco, nesta segunda-feira (29), a senadora Fátima Bezerra destacou a importância estratégica da iniciativa capitaneada pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), regional Nordeste, para mobilizar e sensibilizar os envolvidos na obra. O trajeto, que durará quatro dias, teve início na barragem Armando Ribeiro Gonçalves, em Itajá – Vale do Açu, e será concluída no município de Petrolina, em Pernambuco, na quinta-feira (3).

“Esta, que será a verdadeira redenção hídrica do Nordeste, é uma causa de todos nós. Vamos à luta para que seja concluída o mais breve possível”, disse a senadora. O Governo Federal foi representado no evento pelo secretário nacional de Recursos Hídricos, Osvaldo Garcia; presidente da Codevasp Felipe Mendes; diretor-geral do DNOCS, Walter Gomes; presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Paulo Varella, entre outros.

A caravana seguiu para o distrito Barra de Santana (Jucurutu), onde está sendo erguida a barragem de Oiticica, um dos pilares da Transposição do Rio São Francisco – eixo potiguar. Lá, além de visitar o canteiro de obras e visualizar in loco o avanço dos serviços em andamento, as autoridades puderam ouvir dos moradores reivindicações e possíveis soluções para as principais dificuldades. A  comunidade local ouviu do secretário nacional de Recursos Hídricos que a obra é prioridade do Governo Federal/Ministério da Integração para o Rio Grande do Norte. “Ano passado destinamos um total de 58 milhões para a obra. Este ano já são 18 milhões. Esperamos concluir a estrutura no tempo previsto, essa é nossa expectativa, disse ele”.

A senadora Fátima Bezerra lembrou a necessidade de, para além da estrutura física, concluir as obras sociais previstas para a comunidade, como as moradias e o cemitério local. A arquidiocese potiguar, representada pelos arcebispos dom Jaime (Natal); dom Mariano Manzana (Mossoró); e dom Antônio Carlos (Caicó), programou uma discussão junto às autoridades para que a comunidade pudesse externar as principais reivindicações e apontar sugestões para a solução dos principais problemas. O juiz Herval Sampaio, designado pelo Tribunal de Justiça do RN para apreciar as demandas relacionadas à obra, também participou do debate.

Além de representantes das arquidioceses do RN, dos principais órgãos federais da área hídrica, e de populares, participaram da caravana o secretário estadual de Recursos Hídricos, Mairton França, o representante dos moradores do entorno da barragem de Oiticica, Procópio Lucena, entre outros.

Nenhum comentário: