quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

FANTASIAS…


Um comentário:

Anilton Souza disse...


Olha aí Magnos Paulo


Técnico sim, tecnocrata não.

François Silvestre

Neste primeiro ano de governo, Robinson Faria teceu agasalhos com tear quebrado. Ou mais na seara dos clichês “tirou leite de pedras”. É bem verdade que há setores com problemas muito longe de soluções que endossem o discurso da mudança. Muito longe. Segurança, saúde e educação. Quanto mais essencial, mais complicado se encontra. Porém, não é um mal crônico do Rio Grande do Norte. É uma doença sistêmica do Brasil. O país entrou num oito, que precisa urgentemente encontrar a saída do nove. O certo é que Robinson Faria continua merecendo a confiança da população, com quem estabelece uma relação de sinceridade e transparência. Prometeu um governo técnico e cumpriu. Mas, quem deve governar é a política. Se o técnico substituir o jogador o time se esborracha. Uma coisa é um governo técnico, outra é um governo tecnocrata. Nenhum grande líder até hoje, na história da humanidade, ganhou guerras ou enfrentou crises com a tecnocracia. E sim com inventividade política. Os exemplos são inumeráveis. E o contrário é inexistente.