quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Retrospectiva do blog 2015

Mico politico do ano. Foi à eleição esmagadora do fanfarão, dissimulado e cínico, do deputado, Eduardo Cunha (PMDB), para presidente da Câmara Federal. Um mandato a serviço da corrução brasileira.

Transtorno politico do ano. Foi à chegada da famigerada crise financeira no nosso Brasil, quebrando financeiramente as gestões públicas, principalmente nos municípios. De marolinha no passado ao tsunami nos dias de hoje.

Desgaste politico do ano. Foi abertura do processo de impeachment contra presidenta Dilma Rousseff. Movida praticamente pelo um fato politico pessoal, no caso das pedaladas fiscais.

Politico do ano. O titulo de politico do ano, vai para o deputado, Ezequiel Ferreira, pela sua habilidade e aglutinação de força politica, sendo eleito presidente da Assembleia Legislativa, logo em seguida reeleito para biênio futuro (2017/2018)

Gestão pública do ano. O titulo de gestão pública do ano, vai para o governo de Robinson Faria. No entanto, apesar das dificuldades financeiras do Estado, vem governando sem olhar no retrovisor, enfrentando as demandas administrativas, buscando solução pautada na austeridade pública, sem se esconder administrativamente, diante da falência financeira do Estado, e a badalada crise financeira que assola nosso País. 

Personalidade do ano. O titulo de personalidade do ano, vai para o empresário, Marcelo Queiroz, presidente do Sistema Fecomércio. Pela sua competência e eficiência gestão à frente da Federação dos Comerciários, promovendo ação e cidadania ao povo do RN, dividindo responsabilidade social administrativa, com as gestões públicas municipais. 

Austeridade pública do ano. Foram às inesperadas prisões dos maiores empresários do País, acompanhado de políticos influentes no Palácio do Planalto, diante da nefasta operação Lava Jato.

Frustação politica do ano. Foi abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), para apurar possíveis irregularidades na gestão do prefeito Daniel Pereira. Todavia, na reta final foi paralisada, diante do poder da força soberana da justiça.

Uma boa noticia. Hoje, é o último dia do ano 2015. Politicamente tenho certeza que não vai deixar saudades para os munícipes pedrozenses.

Frase do ano. “Aqui agente dá dinheiro pra todo mundo: situação, oposição, pessoal em cima do muro, pessoal do meio campo, todo mundo” (Frase do delator, Carlos Alexandre de Sousa Rocha, na sua delação premiada, sobre os políticos probos e corruptos beneficiados na famosa operação Lava Jato)   

Nenhum comentário: