quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Agripino ameaça obstruir pauta do Senado em defesa dos pequenos produtores rurais


Durante a Ordem do Dia da sessão plenária do Senado nesta terça-feira (15), o presidente do Democratas José Agripino ameaçou se reunir com os líderes de oposição para obstruir a pauta de votações da Casa se o presidente do Senado, Renan Calheiros, não interceder junto ao governo federal para resolver o problema dos pequenos produtores rurais do país. Os produtores pedem a prorrogação de dívidas que não conseguiram ser quitadas em decorrência da intensa estiagem que acometeu a região Nordeste nos últimos meses.
 “Há cinco anos, os produtores padecem debaixo de seca forte, não conseguem produzir nada, não tem renda de coisa nenhuma e vivem sob a pressão de um oficial de justiça na porta de casa cobrando uma conta que eles não podem pagar agora”, ressaltou Agripino.
 O apelo do senador potiguar é para que Calheiros consiga, por meio do Executivo, incluir na pauta da próxima reunião do Conselho Monetário Nacional (CNM) a prorrogação, por pelo menos um ano, das dívidas dos produtores até que se encontre uma alternativa para solucionar definitivamente o impasse. O Conselho Monetário Nacional se reúne na próxima quinta-feira (17) pela última vez em 2015.
 O presidente do DEM destacou ainda que esse assunto já foi abordado com a ministra da Agricultura Kátia Abreu (PMDB) e com o ministro da Fazenda Joaquim Levy. E que ambos foram sensíveis ao pleito.  “É uma insensatez e até perversidade não se resolver isso em caráter de urgência”, concluiu. Em pronunciamento, Renan Calheiros garantiu que vai entrar em contato, o mais breve possível, com representantes do governo federal para prorrogar a vigência dessas dívidas.

Nenhum comentário: