quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Mudou de lado.

Depois de meses sem enxergar o escancarado escândalo de corrupção do aliado, Eduardo Cunha (PMDB), no desvio de dinheiro da Petrobras. Ontem o Diretório Nacional do (PSDB), mudou de lado, pedindo em uma nota à impressa, o afastamento do ex-aliado, Eduardo Cunha, da presidência da Câmara Federal. Antes tarde do que nuca.         

Nenhum comentário: