segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Masoquismo.

Mesmo atravessando uma das piores crises financeiras, que assola os municípios brasileiros, não vejo nenhum gestor executivo municipal, querer renunciar seu sofrido mandato. Todavia, mesmo com tanto sofrimento administrativo, os prefeitos masoquistas preferem continuar, com essa dor de cabeça, diante das demandas sociais no cotidiano, do querer renunciar seu cobiçado mandato, passando esses graves  problemas administrativos, para seu vice-prefeito.          

Nenhum comentário: