terça-feira, 6 de outubro de 2015

Fátima pede liberação de recursos para Teatro Alberto Maranhão e para Biblioteca Câmara Cascudo
 
Em reunião com o ministro da Cultura, Juca Ferreira, na semana passada, para debater as políticas culturais do Rio Grande do Norte, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) cobrou a liberação de recursos para o Teatro Alberto Maranhão e para a  Biblioteca Câmara Cascudo, ambos localizados na capital potiguar.

Fátima lembrou que o Teatro Alberto Maranhão, com mais de 100 anos, tem importância fundamental no desenvolvimento das artes cênicas do Rio Grande do Norte. Por isso, pediu ao ministro que s empenhe na liberação dos recursos previstos no PAC Cidades Históricas, administrado pelo Instituto Patrimônio Histórico Artístico Nacional, o Iphan. “O Teatro Alberto Maranhão, nossa mais importante e bela casa de espetáculos, deve estar à disposição da comunidade cultura potiguar”, enfatizou.   

Em relação à Biblioteca Câmara Cascudo, a senadora reiterou pedido já feito, no dia 25 de março deste ano, para a liberação dos recursos para a reforma da biblioteca, que é a maior do estado, com um acervo de 100 mil livros, e está fechada há mais de quatro anos. “Precisamos dotar a biblioteca Câmara Cascudo de condições adequadas, para que as políticas de livro e leitura sejam mais bem executadas no estado”, adiantou a senadora, que considera a formação de um público leitor essencial para se atingir uma educação abrangente.

A preservação da diversidade cultural potiguar também foi defendida pela senadora, ao cobrar do ministro a liberação da última parcela dos recursos para os Pontos de Cultura, e a celeridade para a contratação dos próximos pontos de cultura. Importante política no fomento às diversas manifestações culturais, serão mais cinquenta Pontos de Cultura no Rio Grande do Norte, com previsão de vigência a partir do próximo ano.

Durante o encontro, ficou combinado que o ministro visitaria o estado ainda este ano

Nenhum comentário: