sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Fátima homenageia professores e profissionais de educação

A senadora Fátima Bezerra (PT-RN) homenageou, em Plenário, os professores e os demais  profissionais de educação pela passagem de seu dia, 15 de outubro. Em seu discurso, a senadora reafirmou seu compromisso em dar continuidade à luta em defesa da educação do país, incluindo o incentivo à formação e valorização salarial dos professores.
 
“Fico pensando: quem de nós não guarda na lembrança a figura de um professor que, de repente, fez diferença no rumo, no destino das nossas vidas? Os professores, na verdade, exercem um papel muito singular. Eles desempenham um papel de caráter muito estratégico no contexto da sociedade. É um papel muito singular, muito especial, porque o professor trabalha com a formação, trabalha com o saber e com o ensino. Ele aprende e ensina”, destacou a parlamentar. 
 
A senadora lembrou o patrono da educação brasileira, professor Paulo Freire, que dizia que os professores não só ensinam, não só transmitem o saber. Para Paulo Freire, os professores são, antes de tudo, os pedagogos da esperança.
 
Fátima destacou ainda que, as metas 15, 16, 17 e 18 do novo Plano Nacional de Educação (PNE) são a alma dos professores, pois determinam não apenas a valorização salarial dos professores, mas também prevê o incentivo à formação e elaboração de planos de carreira.  “Elas são elementos essenciais para que possamos avançar na dignidade e na valorização do magistério brasileiro”, completou. 
 
A aprovação da lei que criou o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb foi outro assunto abordado pela parlamentar. Na opinião da senadora, o Fundeb foi fundamental para dar início à luta pela aprovação da Lei n° 11.738, que instituiu o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica. A partir do Fundeb, a educação básica passou a ser olhada de forma global, com a inclusão do ensino médio.
 
Em aparte, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) destacou o trabalho conjunto que tivera, ele como senador ela então deputada,  na aprovação da Lei do piso. “Quero apenas reafirmar meu orgulho desta lei que nós construímos juntos, com o apoio do Presidente Lula. Digo que essa lei poderia ser a Lei Bezerra-Buarque ou Lei Buarque-Bezerra”, afirmou. 

Nenhum comentário: