quinta-feira, 30 de julho de 2015

Pretensões politica II.

Quatro dos nove vereadores com assento no Parlamento Pedrozense, já demonstraram vontade política para disputar o cargo de prefeito no município de Fernando Pedroza na eleição de 2016. Francimário Sousa (PDT), J Neto (DEM), Mario Miranda (PROS) e Vavá (PSB).

Um comentário:

Eudes Mariano O Jacozinho de Dona Alaide disse...

Zé do Magnos; taí uma boa chance de colocar em prática a Inegibilidade Automática, ou seja: inovar literalmente os empregos temporários na Casa Josefa da Cruz, e para isto, basta somente os atuais mandatários colocarem suas pretensões em voga para que o exercício do voto deixe de ser uma agonia cívica e passe de fato à ação de cidadania.
Sim; e para melhorar ainda mais a concorrência democrática seria ótimo ocorrer a vacância pela renúncia dos pleiteantes na última sessão deste ano, para que na volta do recesso, os respectivos suplentes fossem empossados. Pense num modelo de Revolução política que a Terra da Pedra do Sapo daria, posto que não haja Candidatura cívica e ninguém queira exercer a Edilidade vonluntária, Vereança sem salário ou com remuneração proporcional às sessões.
É ou não é, uma deixa bem interessante para acabar com o carreirismo?! Ah... e quanto ao restante, sobraria o gesto de decência de não se candidatarem à reeleição em nome da ética política para darem exemplo de fidelidade partidária, já que iriam ser cabos eleitorais com referências ideológicas o suficiente para eleger seus sucessores de legenda fácil-fácil com a transferência “espontânea” de sufrágios pelo desempenho como congressista local, até porque, representam os munícipes através de programa de governo em prol da coletividade Sanromana e não, de um projeto de poder individual, independente da sigla que estiveram no passado, estejam no presente ou venham a estar filiados no futuro.