sexta-feira, 3 de julho de 2015

Governo realiza primeiro Festival Estadual de Quadrilhas Juninas


O São João Potiguar – Cultura & Tradição apresenta no próximo final de semana o Festival Estadual de Quadrilhas Juninas. É a primeira vez que o Governo do Estado promove um evento como esse por meio da Fundação José Augusto. O Festival será na Praça 7 de Setembro, em frente à Pinacoteca, com apoio do RN Sustentável e das Secretarias de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), de Turismo (Setur/Emprotur) e de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape). 

A atividade envolve também as Secretarias de Estado da Educação e da Cultura (Seec), do Planejamento e das Finanças (Seplan), da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), da Saúde Pública (Sesap) e de Comunicação Social (Assecom), que se somam ao apoio do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e da Gráfica Manimbu. 

A abertura do Festival terá show de Dodora Cardoso, às 18h, na sexta-feira (3). Sábado e domingo, as apresentações começam às 16h. No último dia, ao som da banda Forró na Manha. 

Riachuelo, Touros, Assu, Pau dos Ferros e Mossoró trarão para a capital as campeãs dos seus festivais. A região metropolitana de Natal, apresenta os quatro primeiros colocados. Ao todo, serão dezoito quadrilhas. Nove vencedoras das etapas regionais pela categoria estilizada e outras nove da categoria tradicional. 

As três primeiras colocadas de cada categoria serão premiadas com R$ 12 mil, R$ 8 mil e R$ 5 mil, com dedução de impostos.

O evento terá ainda feira de artesanato do Proart, organizada pela Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Museu Junino, que conta com o Museu do Brinquedo, do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, apresentando jogos e brincadeiras tradicionais, e exposição de comidas típicas, levada pela Rede de Agricultores Familiares.

Além do Festival Estadual de Quadrilhas, o Governo do Estado apoiou 59 arraiás de rua e o São João na Casa, festejos nas Casas de Cultura Popular de todo o Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário: