quarta-feira, 24 de junho de 2015

Fátima participa de reunião sobre greve da Uern: “proposta será apresentada”


A senadora Fátima Bezerra participou nesta terça-feira (23) de reunião no Ministério Público que discutiu alternativas para o impasse da greve dos professores e técnicos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). Do diálogo, um encaminhamento: Governo e reitoria se comprometeram em apresentar uma proposta que será apresentada aos servidores via Associação de Docentes (Aduern) e do Sindicato dos Técnicos Administrativos (Sintauern) da instituição.
“Ainda não tivemos um desfecho, mas estamos trabalhando para que as justas reivindicações dos professores e técnicos da Uern sejam atendidas. O Governo tem demonstrado sensibilidade para debater o assunto e discutir possíveis soluções. Espero que em um prazo breve possamos ter uma alternativa viável para ambos os lados”, comentou Fátima.
Durante a reunião, o reitor Pedro Fernandes e os representantes da Aduern e Sintauern sustentavam que a implantação de acordo remuneratório firmado em 2014 não gerará impacto financeiro para o Estado, uma vez que as medidas de contenção firmadas na Universidade são suficientes para cobrir as novas despesas. O procurador-geral de Justiça Rinaldo Reis e o promotor Afonso de Ligório ponderaram, no entanto, que a lacuna do Estado perante os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) impedem o reajuste. Mas admitiram que existem alternativas possíveis para resolver o impasse.
A chefe do Gabinete Civil do Governo, Tatiana Mendes Cunha, garantiu plena disposição para dialogar com os servidores na busca por uma solução do impasse. A senadora Fátima Bezerra e o deputado Fernando Mineiro fizeram um apelo ao Governo para que o teor da proposta a ser apresentada aos grevistas se dê o mais rápido possível.
“Vamos continuar o diálogo. Os servidores têm uma luta justa, uma reivindicação justa, e todo o direito de dialogar e apresentar seus pleitos. Espero que uma solução breve e satisfatória seja possível”, concluiu a senadora.

Nenhum comentário: