quarta-feira, 24 de junho de 2015

Agripino homenageia Agnelo Alves no Plenário do Senado
 Durante sessão no plenário do Senado nesta terça-feira (28), o senador José Agripino (RN) prestou homenagem ao ex-deputado estadual Agnelo Alves, falecido neste domingo (21). O presidente do Democratas ressaltou as qualidades de Agnelo Alves e o classificou como um homem que “sempre pelejou pelas causas e interesses do Rio Grande do Norte”. Nesta segunda-feira (22), Agripino viajou para capital potiguar especialmente para participar do sepultamento do também ex-senador. Agnelo foi 1º suplente do senador Fernando Bezerra, assumindo o mandato entre 3 de agosto de 1999 a 31 de dezembro de 2000 pelo PMDB.

“O deputado Agnelo Alves foi prefeito de Parnamirim, uma cidade que não tinha sua individualidade devidamente destacada. Depois da administração de Agnelo, o município deixou de ser simplesmente parte da Grande Natal para se tornar uma cidade de evidência indiscutível. Tudo pela iniciativa de um prefeito que viu em seu mandato uma missão de vida”, contou Agripino.

“Faço questão de apresentar minhas condolências à família porque Agnelo Alves merece nosso apreço. Foi um jornalista de grande talento e sensatez. De sua amizade, guardo boas lembranças. Eu o conheci por intermédio de meu pai, que reconhecia em Agnelo um grande talento político”, concluiu Agripino logo após discurso do senador Aécio Neves na tribuna.

Agnelo Alves
Nascido em Ceará-Mirim no dia 16 de junho de 1932, Agnelo Alves é irmão de Aluízio Alves; pai do atual prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves; e tio do atual ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, e do senador Garibaldi Alves Filho. Trabalhou como jornalista na Tribuna da Imprensa, Tribuna do Norte, TV Cabugi, Diário Carioca, Jornal do Brasil e Diário de Pernambuco.

Nenhum comentário: